Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser.

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser.

Partilha interior ...A vida, um mar de ondas imprevisíveis

28.12.23
  Assim é a vida, um mar de ondas imprevisíveis face às quais tenho de fluir com muita aceitação, fluidez e entrega plena de que tudo é como assim tem de ser.   Tenho de aprender a lidar com a imprevisibilidade do vosso tempo, fluir um dia de cada vez face à vossa velhice ao vosso tempo e aproveitar cada momento. O tempo pede muita calma e muita serenidade.O tempo pede foca-te (...)

Partilha interior…A dor de ter de aceitar o teu tempo no momento do meu tempo

31.08.23
  Em tão pouco tempo, em tão pouco espaço, tudo muda e a imprevisibilidade de tudo se mostra assim de um momento para o outro. Simplesmente, mostrando que tudo o que realmente tem valor e é de valor, é efémero. Hoje estás aqui ao meu lado e daqui nada poderás não estar. O que realmente tem valor nesta vida, senão o momento presente, aqui e agora!? O momento  que presentemente partilhamos, o momento presente que enche o nosso coração de felicidade e de gratidão e preenche a (...)

Partilha interior…A vida, imprevisível e efêmera

17.08.23
A vida mostra como tudo é imprevisível e de um momento para o outro aquilo que estava planeado se altera, sem poder fazer nada. A vida só mostra que devemos aproveitar o momento aqui e agora e o amanhã logo se vê. É tudo tão efémero e tudo muda tão de repente que fazer planos muito concretos ou muito rigorosos não nos leva a lado nenhum. Temos de estar abertos à impermanência de tudo e a fluir a cada dia como ele surge, como acontece.   A vida ensina-me que nada é (...)

Divagar na escuridão do dia

16.03.23
Divagar na escuridão do dia. Divagar no momento. Divagar na vida.   Até o dia mais escuro, tem a sua própria beleza. Até o dia mais escuro, preenche-me de amor e de gratidão. Até o dia mais escuro, traz um brilho por detrás da chuva do amanhecer.   Divagar na imprevisibilidade do momento. Divagar no fluir de tudo E Deixar tudo fluir.   Com gratidão, Cátia Santos

A vida ensina...

22.12.22
        A vida ensina a partilhar e a fluir no momento da partilha.   A vida ensina a abraçar a imprevisibilidade de tudo sem expetativas.   A vida ensina a agradecer tudo e todos os momentos.   A vida é um fluir de momentos e é no fluir dos momentos que está a beleza da vida.   Foi a pensar nestes ensinamentos, na fluidez face às imprevisibilidades de tudo e a sua beleza que criei uma tisana Serenidade D’Alma (...)