Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser na companhia dos seres mais maravilhoso os meus animais , Maggie e Fluffy.

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser na companhia dos seres mais maravilhoso os meus animais , Maggie e Fluffy.

03 de Fevereiro, 2022

Reflexão...Somos mestres e estrangeiros

Somos seres.

Somos senhores.

Somos mestres nos achamentos.

Somos mestres na complicação desta breve vida.

 

Achamos que temos tempo.

Achamos que somos donos de tudo,

Do tempo,

E do querer.

Não somos nem mestres, nem donos e, muitas vezes, nem senhores.

As nossas atitudes, muitas vezes, indignam o nosso valor.

 

A vida é tão simples e tão bela. Nós é que, muitas vezes, complicamos o que de mais simples e de mais puro no mundo pode existir.

Nós, com os nossos medos, com os nossos receios e com as nossas manias de controlo e de querer ser mais do que realmente somos!

 

Somos estrangeiros na simplicidade da vida.

Somos estrangeiros na pureza da vida,

Somos estrangeiros na partilha e na comunicação uns com os outros,

com o mundo e com o Universo.

 

Pura e simplesmente,

somos mestres e estrangeiros!

 

Com gratidão,

Cátia Santos

Comentários

Comentar post