Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser na companhia dos seres mais maravilhoso os meus animais , Maggie e Fluffy.

Escrita d'Alma

Escrevo como quem abre a sua alma e partilha o melhor do seu ser na companhia dos seres mais maravilhoso os meus animais , Maggie e Fluffy.

31 de Dezembro, 2020

Reflexão de fim de ano ...Tempo de acolher o coração e purificar a alma

 

Reflexão fim de ano.jpg

 

 

Os últimos dias do ano são passados em introspeção e em gratidão.

Entre boas memorias, entre o que ganhei e o que perdi, todos os momentos passam em flashback no meu pensamento.

Por todos eles, sorrio e agradeço!

Agradeço o que vivi de bom e de mau, agradeço o que aprendi, agradeço quem está sempre ao meu lado e agradeço aqueles que passaram pela minha vida nem que por meros momentos. Porque tudo e todos foram e são importantes. Porque tudo e todos me permitiram e me permitem evoluir. Porque tudo e todos me permitiram e me permitem ser grata pela minha maravilhosa vida e pelo meu caminho de luz.

Neste último dia, limpo o meu coração e purifico a minha alma para que o novo possa entrar e brilhar.

 

É tempo de acolher o coração e purificar a alma.

É tempo de nos ouvirmos e nos permitirmos silenciar.

É tempo de redescobrir, de renascer e  de reinventar.

É tempo de fechar ciclos, abrir as portas do nosso coração e deixar a nossa alma brilhar.

 

Encho a minha de vida de sonhos, de projetos e de desejos em que todos eles o mais importante é o que vivo, é o que trilho com amor, com gratidão e com alegria.

Nem todos se realizam, porque vou evoluindo ao longo do meu caminho e eles se transmutam em sonhos diferentes que se identificam com a evolução do meu ser.

Muitos, ficam pelo caminho porque não eram aqueles que se adequavam com a minha verdadeira essência.

Outros, exigem paciência, calma, persistência e muita gratidão por cada passo trilhado.

Em todos eles, a gratidão enche o meu coração e rejubila a minha alma de felicidade interior.

 

Em todos os meus sonhos, eu me redescubro e redescubro a minha verdadeira essência.

Em todos os meus projetos, renasço na busca da verdadeira e pura serenidade e harmonia interior.

Em todos os meus desejos, purifico o meu ser e purifico o ser ao meu lado. E, juntos purificamos o Universo com a nossa união e complementaridade.

Sonhos, desejos e projetos sempre abertos à impermanência da vida e do momento.

Tudo é mutável!

Nada é estático nem certo!

 

Acabo e começo cada novo ano, cada novo ciclo, cada novo dia com muita paz, com muita serenidade, com muita gratidão e com muita alegria no meu coração.

 

Feliz Ano Novo para todos vocês, com muita paz, muita tranquilidade, muita serenidade,  muito amor,  muita gratidão, muita saúde,  muita prosperidade e muita felicidade interior.

 

Com gratidão,

Cátia Santos

29 de Dezembro, 2020

Reflexão...É com fé, com gratidão e com serenidade que alcançamos os nossos sonhos

Reflexão...é com fé, com gratidão e com sereni

 

É a forma como enfrentamos, como vemos os percalços que nos definem e que nos ajudam a trilhar o nosso caminho.

É com fé, com gratidão e com serenidade que alcançamos os nossos sonhos e seguimos o nosso caminho.

Tudo tem um tempo.

Tudo no tempo certo, realiza-se.

Tenhamos fé, tenhamos um coração cheio de gratidão por cada passinho que trilhamos e tenhamos serenidade que nos permita ver, compreender cada passo com claridade e paciência sem angústias de ansiedade e de medo.

Com gratidão,

Cátia Santos

27 de Dezembro, 2020

Aceita o fluir da vida

Aceita o fluir da vida.jpg

 

 

 

 

 

 

Aceita o fluir da vida tal como ele é.

Maggie

Com gratidão,

Cátia Santos

 

 

24 de Dezembro, 2020

A magia do meu Natal em familia e em união

IMG_20201224_170959_077.jpg

 

O natal é mágico para mim.

É um tempo em que em família e em união fazemos a magia acontecer e deixamos a nossa criança interior brilhar. É um tempo em que o que realmente importa é estarmos presentes no seio do coração da família.

Esta época natalícia aquece o meu coração, solta, ainda mais, a minha criança interior e alimenta a minha alma.

O meu natal e os dias que o antecedem são vividos com muito amor e união e nem isso, o covid retirou, só reforçou ainda mais a nossa união familiar e o nosso amor.

Começámos o mês de dezembro, envolvidos na união da tradição familiar de nos juntarmos na casa da família para montar a bela árvore de natal. Entre o cheiro do almoço que vem da cozinha, entre cantorias de natal, entre conversas e gargalhadas, luzes vão sendo iluminadas, os galhos da árvore ganham a cor branca, da neve e da pureza, e a cor vermelha, do amor e da união, e uma estrela branca e vermelha, feita por mim, há uns bons anos atrás, sobe ao top da árvore de natal.

É um momento de grande união, de amor e de felicidade que nos enche o coração e com o qual iniciamos a magia do nosso natal.

Durante todo o mês, a magia é vivida diariamente entre filmes natalícios com mensagens delicadas e profundas, biscoitos de gengibre, broas de batata doce e vinho quente. As tardes escuras tornam-se alegres e coloridas com brincadeiras de crianças à volta da lareira entre latidos, ronronares e lambidelas de alegria e de ternura.

A grande magia do nosso natal é a nossa presença e é estarmos unidos e vivermos todos estes momentos com os que nos são queridos.

Na noite da véspera de natal, após o jantar tipicamente natalício, vamos todos para cozinha com o nosso copo de vinho e vamos continuar a magia. Entre açúcar, canela e ovos crescem sonhos e rabanadas e deliciamo-nos com o cheiro do arroz doce cremoso da mama no fogão. Porque, nesta noite, como em todos os nossos momentos, a doçura do momento é sempre o que tem mais valor.

Parecemos uma fábrica em cadeia onde todos sujam os dedos, onde todos unidos, somos felizes. Entre gargalhadas, açúcar e canela, ouvimos as doze badaladas do nascimento do menino Jesus, que rejubila em nós a felicidade interior e a gratidão de mais um momento memorável no nosso coração.

Nesta noite o que importa é a nossa presença!

A grande magia desta época é o nosso amor que aquece o nosso coração e é a nossa luz interior que ilumina o nosso ser.

Sou grata por poder viver mais um momento de pura magia interior ao vosso lado.

Feliz Natal cheio de luz, de união e de amor.

Com gratidão,

Cátia Santos

21 de Dezembro, 2020

Muitas vezes, vagueamos na vida ao som de uma melodia que não é a nossa

 

Muitas vezes, vagueamos na vida

à procura daquilo que não é para nós.

Muitas vezes, vagueamos na vida

ao som de uma melodia que não é a nossa.

Muitas vezes, vagueamos na vida

Muitas vezes, vagueamos na vida ao som de uma melo

iludidos que o caminho do outro

é o nosso caminho.

Muitas vezes, vagueamos na vida

alheados da nossa verdadeira essência

e do nosso verdadeiro caminho.

Muitas vezes, vagueamos esquecidos de nós mesmos.

Vagueamos e devemos vaguear

em conexão com nós próprios

e com o nosso coração,

onde está a nossa verdadeira essência

e o nosso verdadeiro caminho.

Nesta vida, há espaço para todos.

Todos temos o nosso valor.

Todos unidos, mas, cada um, no seu caminho,

nos complementamos.

Porque todos temos a nossa essência

e o nosso caminho.

O nosso caminho é trilhado em união

com todos os seres.

É na união de almas

com essências diferentes 

que está verdadeira pureza e a grandiosidade da vida.

 

Com gratidão,

Cátia Santos

18 de Dezembro, 2020

Sou um pequeno ser

Sou um pequeno ser

feito de osso e de carne.

Sou um pequeno ser

feito de amor e de gratidão.

Sou um pequeno ser

feito de serenidade e  de compaixão.

Sou um pequeno ser

feito de grandes e profundos sonhos.

Sou um pequeno ser

que anseia pela pureza de cada ser.

Sou um pequeno ser

na descoberta da verdadeira essência no coração de cada ser.

 

Com gratidão,

Cátia Santos

14 de Dezembro, 2020

Olho à minha volta e o que vejo é o meu interior

Olho aminha volta e o que vejo é o meu interior_1

 

Olho à minha volta

e vejo serenidade

de que tudo está como deve ser

e de que tudo segue o seu percurso

da forma e no tempo que tem de ser.

 

Na vida,

tudo surge no momento certo!

Não, quando nós queremos!

 

Na vida,

tudo se conjuga para o nosso bem maior.

Muitas vezes, invisível num primeiro momento.

 

Olha à minha volta

e vejo beleza.

A beleza da mãe natureza e do fluir

dos animais na sua perfeita imperfeição.

 

Na vida,

Tudo é belo e maravilhoso,

quando nos permitimos a aceitar o seu fluir e a confiar.

 

Olho à minha volta

e vejo gratidão por tudo!

 

Olho à minha volta

e o que vejo

é o meu interior

espelhado num mundo a espera de ser desvendado.

 

Com gratidão,

Cátia Santos

10 de Dezembro, 2020

Chuva que lavas a minha alma

Chuva,

Que lavas a minha alma.

Chuva,

Que purificas a terra.

Chuva,

Que no teu semblante revejo a esperança.

 

Chuva,

Grande Senhora,

Que chegas nos sussurrando:

“Que te recolheis nesta era.

 Que te confortais na tua casa.

 Que te confineis nestes tempos.

 E, que te priveis de conviver por meros momentos até um novo sol raiar.”

 

Chuva,

Límpida e húmida traz a bonança de uma nova era.

 

Chuva,

Que me abençoas com

momentos de recolhimento,

momentos de introspeção,

momentos de amor próprio e

momentos de serenidade com o meu eu interior.

 

Chuva,

Que me permites parar,

ouvir-me

e amar-me.

Chuva,

Que  permites nutrir a minha alma, o meu verdadeiro ser.

 

Chuva,

Que me sussurras que tudo vem a seu tempo.

Que tudo vem quando estou preparada interiormente para receber.

 

Com gratidão,

Cátia Santos

07 de Dezembro, 2020

Há sempre uma luzinha de magia que me guia e me acompanha

Há sempre uma luzinha que me guia e me acompanha.

 

 

Confio numa luzinha de magia que me guia e me acompanha.

Confio no fluir da vida.

Sinto uma confiança de que tudo vai correr bem.

 

Tudo vai no seu caminho.

Sinto que com muita calma, muita paciência, tudo vai correr para um bem maior.

Sem a minha pressa.

Sem a minha expetativa.

Sem a minha vontade de querer tudo para ontem.

 

Tudo no momento certo vai se desenrolar.

Tudo quando tiver de ser e não quando eu quero.

Sinto-me confiante e tenho fé.

 

A vida ensina-me que só tenho de ouvir os seus ensinamentos, só tenho de me ouvir, de ouvir o meu coração e deixar a minha luz interior brilhar.

A alma guarda o meu verdadeiro e puro ser. Só devo deixá-la expressar-se livremente e encontrarei a minha luz interior que me guiara num caminho individual, mas, de união com o todo.

Há sempre uma luzinha de magia que me guia e me acompanha numa vida cheia de essência, de gratidão, de fé e de amor.

A magia alimenta a minha alma e me guia num caminho de luz.

Com gratidão,

Cátia Santos

Pág. 1/2